Escolha como quer aprender:

Quem tem uma criança em casa sabe que não é fácil encontrar formas diferentes de entretê-las.

Muitas vezes, a TV, tablet ou celular são muito eficientes em prender a atenção dos pequenos e podem até dar aos pais algum tempo livre para que eles possam cuidar de outras tarefas.

No entanto, quando usadas em excesso, as telas podem atrapalhar o desenvolvimento infantil impedir que as crianças conheçam outras atividades ainda mais interessantes e divertidas.

A seguir, você vai conhecer algumas maneiras de entreter as crianças sem precisar recorrer à tecnologia.

Brincadeiras clássicas

Não é preciso ir muito longe para pensar em atividades simples e divertidas para crianças. Com certeza a sua infância tem várias brincadeiras que podem ser redescobertas pela nova geração.

esconde-esconde, siga o mestre, rouba-bandeira, batata quente, telefone sem fio, vivo ou morto e dança das cadeiras são alguns exemplos bem tradicionais, mas que continuam sendo divertidos e podem ser feitos em casa.

Oficinas de criação

Estimular a criatividade da garotada é sempre uma ótima ideia, e você pode fazer isso promovendo oficinas criativas para produção de fantoches feitos com meias, instrumentos musicais com itens reciclados ou histórias em quadrinhos, por exemplo.

Também é possível fazer brinquedos artesanais: carrinhos, jogos de tabuleiro, massinha caseira, bonecas e muitos mais.

Colocar as crianças nesses tipos de projetos ajuda a manter a atençãodesenvolver habilidades motoras e ainda contribui para aumentar a autoestima e a segurança ao enfrentar novos desafios.

Apresentações para a família

Enquanto os cinemas e exposições não reabrem, que tal incentivar as crianças a fazer apresentações para a família?

Podem ser peças de teatro, apresentações de dança, canto ou poesia, exposição de desenhos e esculturas ou um desfile de roupas customizadas, por exemplo.

O importante aqui é o esforço de idealizar, produzir, ensaiar e apresentar algo que a criança fez por conta própria para entreter a família.

Ah, e é fundamental que toda a família apresente os seus dons artísticos, então os pais também podem (e devem) compartilhar suas habilidades artísticas.

RPG

Os RPGs (Role Playing Games) são jogos onde os participantes interpretam personagens e criam narrativas fantásticas.

Geralmente, os RPGs profissionais têm regras complexas, mas é possível adaptá-los para o famoso “faz de conta” da criançada.

As próprias crianças podem ajudar os pais a criar a história base do jogo e definir quem serão seus personagens. Os pais vão guiando a narrativa e estimulando os participantes a encontrar caminhos para chegar ao fim da história.

Horta das crianças

Propor o plantio de alimentos é uma maneira diferente de entreter as crianças e ainda ensinar sobre o meio ambiente, sustentabilidade e desperdício.

Mesmo que a casa não tenha muito espaço, é possível criar uma hortinha com algumas variedades de ervas, frutas e vegetais que podem ser plantadas em vasos pequenos.

Além de aprender e se divertir na hora de fazer o plantio e a decoração, essa tática reforça a responsabilidade das crianças em cuidar da horta e também pode incentivá-las a comer de forma mais saudável – uma vez que elas devem se sentir mais estimuladas a experimentar os alimentos que plantaram.

Viu só! A tecnologia é excelente, mas também é possível entreter as crianças de uma forma diferente e longe das telas! Agora é só propor essas ideias para a família e se divertir!

Não perca tempo! Peça já seu cartão!
Mais artigos para você
Subtítulo