Serviços essenciais: dicas de segurança e limpeza para quem vai continuar de portas abertas
Escolha como quer aprender:

Mesmo diante de uma séria pandemia, existem alguns setores que não podem parar. Farmácias, postos de gasolina, supermercados, distribuidoras de água e clínicas veterinárias, por exemplo, são alguns dos chamados serviços essenciais.

Também existem alguns estabelecimentos que estão operando com dinâmicas diferentes. É o caso dos restaurantes, que só podem atuar com delivery ou retirada de pedidos em algumas cidades do país.

Esses e outros negócios garantem a segurança, abastecimento e saúde da população, mesmo em tempos de crise. E é por isso que seguem funcionando, ainda que de formas diferentes.

Entretanto, se a sua empresa faz parte do grupo de serviços essenciais e vai continuar na ativa, saiba que é preciso tomar alguns cuidados para proteger a saúde dos seus clientes e funcionários.

Evite aglomerações

Se a sua empresa vai continuar recebendo visitas de clientes, mesmo que seja para um atendimento rápido, é importante evitar que as pessoas fiquem muito próximas.

Para isso, além de fixar cartazes solicitando que os consumidores mantenham, pelo menos, um metro de distância uns dos outros, fazer marcações no chão indicando onde se posicionar é uma boa opção.

Também pode ser necessário que um funcionário esteja nas áreas de maior concentração de pessoas para verificar se todas estão mantendo a distância indicada e orientar os mais desatentos.

Disponibilize álcool em gel

Distribua dispensers de álcool em gel em todos os pontos que os consumidores costumam passar, principalmente perto da porta de entrada e no balcão de atendimento.

Se o seu estabelecimento tiver uma pia de fácil acesso para quem entra no local, também é importante abastecê-la com sabão e orientar os visitantes a lavar bem as mãos.

Reforce a limpeza

Balcões, catracas, maçanetas, corrimãos, máquinas de cartão e todos os espaços comuns da sua empresa devem ser limpos com água, sabão, álcool e cloro com uma frequência maior.

Também é fundamental que os funcionários reforcem suas medidas de higiene, lavando as mãos e limpando suas áreas de trabalho, de preferência, entre um cliente e outro.

Crie barreiras de proteção

Principalmente em locais em que o contato com o consumidor não para, deve-se criar barreiras para proteger os colaboradores e os clientes.

Muitos supermercados têm instalado placas de acrílico na frente dos caixas, de modo que o consumidor e o funcionário não entrem em contato direto.

Fornecer luvas e máscaras também são formas de aumentar a proteção.

Adote horários diferenciados

Também para evitar aglomerações e reduzir os riscos de contaminação por coronavírus, a dica é implantar medidas para evitar que muitas pessoas estejam no mesmo lugar ao mesmo tempo.

Para isso, fornecer atendimento à distância, enviar produtos por delivery ou recepcionar o consumidor com hora marcada são boas saídas.

Muitos negócios também estão adotando horários de atendimento diferenciados, ou separando um momento do dia (geralmente pela manhã) para idosos e pessoas do grupo de risco.

Oriente sua equipe

Cabe ao empreendedor orientar sua equipe sobre como devem proceder ao chegar em casa e como se preparar para ir para o trabalho.

Explique que, quando chegarem do trabalho, é importante tirar sapatos, colocar roupas para lavar o quanto antes e tomar banho. Celulares, carteira, chaves e outros objetos que foram expostos durante o dia também devem ser limpos com álcool.

No trajeto para o trabalho, buscar rotas alternativas para evitar aglomerações em pontos de ônibus e metrôs também é indicado, bem como não tocar o rosto se não estiver com as mãos devidamente higienizadas.

Seguindo esses cuidados, você garante a sua segurança, de quem trabalha com você e dos consumidores que confiam e precisam dos seus serviços!

Não perca tempo! Peça já seu cartão!
Mais artigos para você
Subtítulo